Maria Joaquina escreve bilhete a Daniel agradecendo à cesta.

Paulo flagra Maria Joaquina passando o bilhete e faz insinuações a Helena. Professora Helena dá uma aula sobre o descobrimento do Brasil. De maneira divertida, ela faz encenação com os alunos, os carcterizando de índios, jesuítas, reis e Pedro Álvares Cabral. Matilde fala mal de Helena a Olívia.

Elas bolam plano maquiavélico para derrubar a professora. Ao encenar a história do Brasil, Helena coloca um bigode postiço e narra alguns fatos. Olívia e Matilde espiam a aula da professora Helena.

A diretora diz que as aulas da professora são uma balbúrdia. O plano das duas é que Sr. Morales flagre a bagunça que é a aula de Helena. Sr. Morales chega à escola, Olívia afirma ao benfeitor que precisa mostrar a ele as melhorias que foram feitas nas Escola Mundial. A diretora se aproxima da sala de Helena com o benfeitor e diz a ele que é um absurdo o que Helena faz com os alunos. Morales elogia a iniciativa de Helena e afirma a Olívia que quer as aulas mais interativas. A diretora fica furiosa. Paulo gargalha do cabelo de Maria Joaquina, pois está todo arrepiado. A menina diz a Helena que precisa arrumar suas madeixas com o creme que ganhou de Daniel. Ao passar o condicionador, os cabelos de Maria Joaquina ficam azuis.

Morales afirma a Olívia que Helena superou todas as suas expectativas. Maria Joaquina culpa Daniel, que afirma que não foi ele quem mandou a cesta com xampus e condicionadores. Helena tenta ajudar Maria Joquina, que está desesperada.

Todos riem da garota. Helena ajuda Maria Joaquina a lavar os cabelos. No pátio, as meninas desconfiam que Paulo é o culpado por ter pregado a peça em Maria Joaquina.

Carmen não se sente bem na sala, ela sente dor na barriga. Maria Joaquina afirma a Helena que Carmen está com febre. Carmen desmaia.

 

Fonte: “Carrossel”