No capítulo de “Amor À Vida” previsto para ir ao ar no dia 30 de julho, o mistério de Aline (Vanessa Giácomo) virá à tona. Isso porque a secretária é prima de Paloma (Paolla Oliveira) e se aproximou e seduziu César (Antonio Fagundes) para se vingar da morte da mãe.

Tudo começa quando Aline visita Mariah (Lúcia Veríssimo), a mãe de Paloma, que está na cadeira de rodas. As duas conversam sobre a viagem de Mariah para a Alemanha para colocar uma prótese no quadril e Aline pede à tia que a relação de parentesco das duas permaneça em segredo.

Durante a conversa, Aline pega um porta-retrato em que aparece com a mãe, ainda criança. A secretária também pede à Mariah que ninguém saiba quem é a mulher da foto. Em seguida, ela pergunta à tia como foi o encontro com Paloma.

Mariah – Foi doloroso encontrar a minha filha depois de tantos anos. E não poder dizer tudo que quero pra ela. Dar um abraço, um carinho. A Paloma me procurou uma segunda vez, mas eu me escondi.  E fiz muito bem, porque o César veio atrás dela.

Aline – O César? Mas cê não desistiu, não é?

me ache aqui

Mariah— Não. Eu quero vingança. Eu passei a vida toda querendo vingança.

Aline— É por culpa desse homem que tudo aconteceu. Eu passei fome, quem passou fome sabe como dói. E você, tia… Cê me criou como mãe. Eu quero me vingar. Pela minha mãe, por mim mesma e por você. A nossa vingança tá só começando.

Mariah— Eu quero ir até o fim.

Aline— Quando cê voltar da Alemanha, tia – e espero que volte bem melhor – vai encontrar grandes surpresas por aqui. Primeiro, eu vou destruir aquela família. Depois… Nós vamos ficar com aquele hospital!

Mariah— Você acha que consegue tanto assim?

Aline— O hospital vai ser nosso! Vingança maior, não pode haver.

Mariah— Você não está sonhando muito alto, Aline? O César é obcecado por aquele hospital.

Aline — Eu sei, sou a secretária dele, vejo como ele tá sempre preocupado com a reputação do maravilhoso hospital da sua família… Mas eu tenho o César na mão. A qualquer momento, posso provar que ele alugou o flat onde eu moro, no nome dele. Que me deu um cartão de crédito, carro, e cobre as minhas despesas.

Mariah— Mesmo assim, eu fico preocupada com você.

Aline— Tia Mariah, agora cê tem que pensar na sua saúde. Vai pra Alemanha, coloca a nova prótese no quadril, e volta recuperada, livre dessa cadeira de rodas.

Mariah— Se eu puder me manter em pé por mais tempo, sem sentir dores horríveis, já fico satisfeita.

Aline— Eu tenho certeza que cê vai até dançar.

Mariah— Meus tempos de bailarina ficaram pra trás… Aline, como você pretende tomar o hospital?

Aline conta à tia que já tem um plano: fazer com que o médico descubra que Félix (Mateus Solano) é gay.

 

Fonte: UOL