Globo apresenta equipe e novidades do “The Voice Brasil” à imprensa – Sessão TV.br
18 set, 2012

Posted by | 0 Comments

Globo apresenta equipe e novidades do “The Voice Brasil” à imprensa

Carlinhos Brown, Claudia Leitte, Daniel e Lulu Santos são os treinadores/jurados do ‘The Voice Brasil’ (Foto: Rede Globo/ Nathalia Fernandes)

 

Na tarde desta terça-feira, dia 18, a equipe do The Voice Brasil recebeu a imprensa na Central Globo de Produção para apresentar o novo reality show da Rede Globo, que estreia neste domingo, dia 23. Com direção de núcleo de Boninho, o The Voice reúne uma equipe de peso para treinar e avaliar os participantes. Com Tiago Leifert no comando, a atração conta ainda com Claudia Leitte, Carlinhos Brown, Daniel e Lulu Santos. Daniele Suzuki fará os flashes diários sobre os bastidores.

– O legal do The Voice é que não é show de calouros, eles são profissionais. Estava de férias quando recebi o e-mail e fiquei louco com o convite. Já assistia ao programa lá de fora e gostava do formato, mas o Carson Daly (apresentador da versão dos EUA) é o oposto de mim. No primeiro momento vou procurando arrancar boas histórias como repórter mesmo, e já até me emocionei com uma pessoa e tive que me conter – conta Tiago Leifert, que além de apresentar o programa, acompanha de perto os candidatos e suas famílias antes e depois dos testes.

 

Foto: Nathalia Fernandes/ TV Globo

 

Cada técnico ficará responsável por 12 participantes, escolhidos na primeira etapa do reality, na qual os artistas não poderão ver os candidatos, apenas escutar a voz deles. De costas, eles terão que avaliar e escolher seus times ouvindo apenas o som da voz dos candidatos. Só depois eles poderão girar a poltrona e conhecer o rosto do participante. Carlinhos Brown, Cláudia Leitte, Daniel e Lulu Santos formam a banca de treinadores do The Voice Brasil, e terão o desafio de descobrir, treinar e fazer brilhar um novo talento da música brasileira.

– Se você acreditar naquela voz, você aperta o botão. Procuro me encantar com a voz e não com o estilo. Espero poder somar algo de muito positivo para os candidatos e os telespectadores do programa – revela o cantor Daniel.

Claudia Leitte também está à procura de uma voz que arrebate seu coração:

 – Eu estou procurando uma voz que seja marcante e transmita emoção. Como técnica, busco algo que me arrepie, porque talento todos eles têm. Sou uma cantora de axé que conhece e gosta de outros estilos. Quero ver essa versatilidade nos candidatos também. O Brasil precisa de um projeto assim. Participar da atração é uma realização pessoal para mim, porque um dos meus sonhos é produzir outros artistas.

Já Lulu Santos revelou que muitas vezes se surpreende nas gravações:

– O programa superou minhas expectativas. Isso é muito gostoso. Às vezes, não sabemos nem se é homem ou mulher até virar a cadeira.

A apresentação à imprensa contou ainda com uma brincadeira em que quatro jornalistas foram escolhidos para ocupar as cadeiras dos técnicos/jurados, enquanto um vídeo passava atrás deles mostrando os cantores soltando a voz e eles escolhiam se apertavam ou não o botão.

Depois de edições de sucesso em todo mundo, a versão brasileira da atração segue o conceito de valorizar diferentes estilos musicais, como no programa americano. Por isso, o time de técnicos é composto, propositalmente, por quatro artistas que cantam, produzem e conhecem a fórmula para o sucesso, capazes de reconhecer pessoas talentosas e lapidá-las. Para ser candidato, basta cantar bem e entender de música.

 – O que pesa na competição é o talento puro. Não importa a história, o visual ou a postura. A ideia do programa é alavancar a carreira dos cantores, que já são profissionais pré-contratados pela Universal. – conta J. B. de Oliveira, o Boninho, diretor de núcleo da atração.

 

Daniele Suzuki e Tiago Leifert posam no palco do ‘The Voice’, que estreia no domingo, 23
(Foto: Nathalia Fernandes/ TV Globo)

 

Na primeira fase da competição, composta por audições, cerca de cem candidatos pré-selecionados cantarão para os quatro técnicos sem serem vistos. Enquanto eles cantam, os técnicos ficam de costas, para que o único fator de decisão seja a voz dos concorrentes. Daí a razão para o nome do programa – ‘The Voice’ (‘A Voz’).

– O formato, além de criativo, é original. O programa dará ênfase às performances e tratará os participantes com o respeito devido a artistas. São mais ou menos 100 candidatos e 48 serão escolhidos para as fases. Após a escolha, os técnicos (artistas) irão treinar seus times para ganhar na Final, que acontece dia 16 de dezembro. Sempre haverá plateia e não haverá confinamento – destaca o diretor-geral Carlos Magalhães.

Para Carlinhos Brown, nem tudo está perdido para os candidatos que acabem eliminados:

– Nosso país está muito bem preparado. Procuramos a melhor voz que se encaixe no perfil do The Voice. Isso aqui não encerra nada, nem altiva ninguém – pondera Brown, que revelou que a química entre os jurados não podia estar melhor.

 

Fonte: site oficial Rede Globo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: