“Cheias de Charme”: Música, amizade e talento marcam a nova novela das sete – Sessão TV.br
16 abr, 2012

Posted by | 0 Comments

“Cheias de Charme”: Música, amizade e talento marcam a nova novela das sete

 

Três empregadas domésticas com nome de Maria. A história da nova novela das sete gira em torno das personagens Maria da Penha (Taís Araújo), Maria do Rosário (Leandra Leal) e Maria Aparecida (Isabelle Drumond).

As três irão se conhecer após uma noite repleta de confusões. E, em pouco tempo, nascerá um bem sucedido trio de cantoras, que despertará a inveja de Chayene (Cláudia Abreu), a rainha do eletroforró, que vive uma crise na carreira e fará de tudo para se reerguer na aba do cantor de sertanejo universitário Fabian (Ricardo Tozzi).

 

Maria Aparecida (Isabelle Drumond), Maria da Penha (Taís Araújo) e Maria do Rosário (Leandra Leal) - Foto: divulgação/TV Globo

 
 
Ficha técnicaUma novela de Filipe Miguez e Izabel Oliveira
Colaboração de Daisy Chaves, Isabel Muniz, João Brandão, Laís Mendes Pimentel, Paula Amaral e Sérgio Marques
Supervisão de Ricardo Linhares
Direção de núcleo de Denise Saraceni
Direção Geral de Carlos Araújo
Estreia: 16/04
Horário: 19h30
Antecessora: “Aquele Beijo”, escrita por Miguel Falabella

Elenco

Taís Araújo – Penha (Maria da Penha Fragoso)
Leandra Leal – Rosário (Maria do Rosário Lobato)
Isabelle Drummond – Cida (Maria Aparecida)
Cláudia Abreu – Chayenne

Alexandra Richter – Sônia Sarmento
Analu Prestes – Tia Romana
Aracy Balabanian – Máslova Tilman
Bia Petrentchuk – Manuela Mariz Ortega
Breno Nina – Wanderley
Bruno Mazzeo – Tom Bastos
Chandelly Braz – Brunessa
Christiana Kalache – Ivone dos Anjos
Cláudio Tovar – Seu Malaquias
Daniel Dantas – Sidney Monteiro
Dhu Moraes – Valda
Edney Giovenazzi – Messias
Fábio Lago – Naldo
Flávio Nepo – Kleiton
Giselle Batista – Isadora Sarmento
Gustavo Gasparini – Gentil
Humberto Carrão – Elano Fragoso
Ilya Niño – Epifânia
Aramis Trindade – Valmir
Jayme Matarazzo – Rodinei
Jonatas Faro – Conrado Tilman Amaro Werneck
Juliana Alves – Dinha
Leopoldo Pacheco – Otto Amaro Werneck
Lidi Lisboa – Gracinha
Luiz Henrique Nogueira – Laércio
Malu Galli – Lygia Mariz Ortega
Marcos Palmeira – Sandro Barbosa
Maria Pompeu – Voleide
Marília Martins – Simone
Miguel Roncato – Samuel Mariz
Millene Ramalho – Ticiane
Nado Grimberg – Russo
Patrick – MC Nicollas
Pedro Bellini – Alejandro Ortega
Rafaela Amado – Marisette
Ricardo Tozzi – Fabian/Inácio Paixão
Rodrigo Pandolfo – Humberto Jordão
Sérgio Malheiros – Niltinho
Sérgio Menezes – Heraldo
Simone Gutierrez – Ariela Sarmento
Sylvia Nazareth – Alana Fragoso
Tainá Müller – Liara Mariz
Tato Gabus Mendes – Ernani Sarmento
Titina Medeiros – Maria do Socorro

Dura rotina

A protagonista Penha leva uma vida difícil no bairro do Borralho. Casada com Sandro (Marcos Palmeira), a heroína vive com o filho Patrick (MC Nicollas) e os irmãos Alana (Sylvia Nazareth) e Elano (Humberto Carrão), que ela criou desde o desaparecimento de seus pais. Sandro era pedreiro, porém após um pequeno acidente, passou a usá-lo como desculpa para não trabalhar mais. Já Penha é uma mulher honesta, batalhadora, que nunca deixou nada faltar para o filho e ainda ajudou Elano a se formar em Direito.

 
 

Foto: divulgação/TV Globo

 
 
Ao conseguir realizar o sonho de construir um “puxadinho”, veio a decepção. A prefeitura foi até o local e afirmou que iria demolir o imóvel. Tudo porque o malandro de seu marido gastou a grana para a regulamentação na realização de um churrasco.Não é só no amor que Penha não leva sorte. No trabalho, ela sofre com a perseguição da cantora Chayene, a rainha do forró, uma mulher de índole duvidosa, e amoral. Depois de sofrer vários insultos da patroa, ela resolve dar queixa na delegacia. E é lá que o destino de Penha se cruza com o de outras duas Marias: Cida, também doméstica no condomínio Casagrande, e Rosário, moradora do Borralho.

Escândalo e convite

Os insultos da cantora Chayene vão parar na mídia a partir do momento em que Penha resolve ligar para um programa de rádio para contar todo o drama que viveu com a patroa. Rapidamente, o caso vira notícia em todos os veículos e vai parar na justiça. De um lado, a famosa Chayene e sua competente advogada Dra. Lygia (Malu Galli) e do outro, a empregada defendida por seu irmão recém-formado.

O que ninguém esperava é que a famosa advogada ficaria comovida com a trajetória de vida de Penha. Dra. Lydia resolve ir até a casa da doméstica e, lá, as duas percebem que suas vidas têm muita coisa em comum, mesmo pertencendo a classes sociais diferentes. A principal diferença entre elas é que enquanto o marido de Penha leva uma vida de malandro, o espanhol Alejandro (Pedro Bellini) é um homem dedicado à esposa e aos filhos.

 

Chayene (Claudia Abreu) dá piti e joga sopa em Penha (Taís Araújo) - Foto divulgação/TV Globo

 

Em poucos anos, mais de 50 empregadas passaram pela casa da advogada. Cansada de tanta mudança, ela resolve dar uma oportunidade para Penha. Após a difícil passagem pela casa de Chayene, a protagonista parece ter encontrado um emprego perfeito. Mas, logo, tudo começa a mudar e a empregada percebe o motivo pelo qual nenhuma doméstica permanece muito tempo na casa da advogada. Com o objetivo de desabafar, ela procura as amigas Rosário e Cida. O encontro acontece na mansão de sua antiga patroa, Chayene, onde trabalha Rosário. Elas aproveitam a viagem da megera e, para se divertir, resolvem gravar um clipe. Será o começo da transformação na vida das três Marias.

O sonho de ser cantora

Maria do Rosário teve uma infância sofrida em um orfanato. Com dez anos, foi adotada pelo garçom Sidney Monteiro (Daniel Dantas), que oferece todo amor e educação à filha. Moradora do Borralho, Rosário é uma cozinheira competente. Diversas personalidades já provaram seus quitutes. Mas seu sonho é deixar a cozinha para emplacar suas músicas nas estações de rádio.

 

Fabian (Ricardo Tozzi) - Foto: divulgação/TV Globo

 

A garota é fã do cantor de sertanejo universitário Fabian (Ricardo Tozzi) e possui grande acervo de material de seu ídolo. Ela topa fazer qualquer loucura só para ficar perto do astro. Até convencer o bufê do Seu Malaquias (Cláudio Tovar) de servir o camarim do show do sertanejo ela conseguiu. Tudo isso para entregar seu CD para o cantor.

Porém, nada saiu como previsto. Sua colega de trabalho, a invejosa Dinha (Juliana Alves) contou para o chefe que a moça era tiete de Fabian e o patrão resolveu escalar outra pessoa. Engana-se quem pensa que isso abalou Rosário. Para chegar pertinho do ídolo, ela se escondeu no furgão do bufê, driblou os seguranças e se encontrou com Fabian. Mas, na hora de entregar o disco, foi surpreendida pelos seguranças e foi parar na delegacia, onde conheceu Penha e Cida.

Emprego para ficar perto do ídolo

Ao saber que Chayene estava sem empregada, Rosário resolve encarar a vida de doméstica na casa da megera para tentar se aproximar de Fabian, de quem a cantora é madrinha musical. Durante o último dia de trabalho no bufê, a cozinheira foi surpreendida pela suposta visita do ídolo ao estabelecimento. Mas, em poucos minutos, ela percebeu que o rapaz não era quem ela pensava. Tratava-se de Inácio, um rapaz bastante parecido com o cantor, que tentava uma vaga para ser motorista do bufê. Pinta um clima no ar e os dois trocam telefone. Em pouco tempo, eles engatam um romance.

 

Rosário (Leandra Leal) e Inácio (Ricardo Tozzi) - Foto: divulgação/TV Globo

 

Após sair do bufê, Rosário vai para o teste na casa de Chayene. Ela conquista a cantora com seus quitutes. Mas logo percebe que o ex-marido da cantora é um cara esnobe e que a patroa é uma mulher baixa e nojenta. No entanto, para tentar se aproximar do ídolo, ela resolve aceitar o emprego.

Rival na área

A ex-colega de trabalho Dinha continua fazendo de tudo para estragar a felicidade de Rosário. Ela procura Inácio e conta que sua namorada é apaixonada pelo sertanejo Fabian. Irritado, o rapaz vai até a casa de Rosário e tem um ataque de ciúmes. Dias depois, o casal resolve fazer as pazes. Mas Dinha não se dará por satisfeita. Ela conta para Inácio que Rosário só foi trabalhar na casa de Chayene para ficar mais perto de sua verdadeira paixão. Mais uma vez, o plano não funciona e o casal, após pequenas brigas, volta a reatar a relação.

No dia seguinte, ao atender a porta da casa da patroa, Rosário viu Inácio e deu um beijo apaixonado no rapaz. O que ela não sabia é que ela tinha lascado um beijão no seu ídolo, Fabian. Ao descobrir isso, ela passa a ficar cada vez mais dividida entre Fabian e Inácio.

Uma família difícil

Maria Aparecida, a terceira protagonista de “Cheias de Charme” tem uma família complicada. Ela perdeu a mãe ainda na adolescência e precisou viver junto com a família do patrão Ernani Sarmento (Tato Gabus Mendes). Mas quem ficou realmente com sua guarda foi Dona Valda (Dhu Moraes), cozinheira da casa. No local, ela acabou herdando a função de sua falecida mãe: arrumadeira.

Os estudos foram pagos pela família do advogado. Aos 18 anos, ela conseguiu ter sua carteira assinada e se tornou uma empregada doméstica. Em meio à difícil rotina, a jovem nunca desistiu do sonho de ser uma competente jornalista. Dr. Sarmento é casado com Sônia (Alexandra Richter) e possui duas filhas: Ariela (Simone Gutierrez), uma mulher mal-humorada com suas dietas, e Isadora (Giselle Batista), que nunca disfarçou a inveja que sentia de Cida.

Dividida por dois amores

Cida foi namorada de Rodinei (Jayme Matarazzo), um entregador de mercearia apaixonado por hip hop e grafiteiro. Um dos destaques do bairro do Borralho é a noite do Hip Hop do Pavilhão do Som, no qual Rodinei iria se apresentar pintando um painel de fundo para os DJs. Mas Cida foi impedida de ir ao show, pois Sônia precisava do serviço dela naquela noite, já que Ariela iria se noivar com o advogado Humberto (Rodrigo Pandolfo).

 

Foto: divulgação/TV Globo

 

A ausência da amada irritou Rodinei, que pretendia aprontar durante a festa. No entanto, ele nem imaginava que era ele que estava correndo risco de perdê-la. Na festa de noivado, Cida despertou a atenção de Conrado Werneck (Jonatas Faro), filho de um milionário, que acabava de mudar para o condomínio.

Enquanto isso na festa de hip hop, Rodinei aproveitou o evento para beijar a arquiinimiga de sua namorada: Brunessa (Chandelly Braz). O barraco estava formado. Ao sair da festa de noivado direto para o evento no Pavilhão do Som, Cida viu a rival com seu namorado. Sem pensar, ela lascou um beijo em Elano, irmão de Penha. A confusão estava armada e a jovem foi levada para a delegacia, onde conheceu as amigas Penha e Rosário.

Apenas interesse

A traição de Rodinei deixou Cida arrasada. Porém, no dia seguinte, ela encontrou com Conrado novamente, que a convidou para sair. O que o rapaz não sabia é que Cida não era filha do Dr. Sarmento, mas apenas empregada da família. Os dois engataram um romance. Porém, o cerco contra Cida começou a fechar. A avó do garoto, a interesseira Máslova (Aracy Balabanian), cada vez mais cobrava de Cida um encontro para conhecer seu pai. Foi aí que ela revelou que era filha de criação do advogado, o que decepcionou Conrado, que estava de olho na fortuna da família da namorada.

Enquanto isso, a jovem procurou Dr. Sarmento e revelou que estava namorando Conrado. Quando Cida falou que o rapaz era filho do bilionário Otto Werneck (Leopoldo Pacheco), ele logo resolveu marcar um jantar, sonhando em ter o bilionário como cliente de seu escritório.

 

Cida (Isabelle Drummond) e Conrado (Jonatas Faro) - Foto: divulgação/TV Globo

 

O romance não durou muito. A outra falsa irmã de Cida, Isadora, fez de tudo para prejudicá-la. O objetivo era simples. Na verdade, Isadora queria Conrado para si. E, para isso, estava disposta a tudo. Sentindo-se ameaçada por Isadora, Cida procura as amigas Penha e Rosário para aconselhá-la. A reunião na casa de Chayene mudaria a vida das três. 
 
Cantora mau-caráter

Cláudia Abreu viverá mais uma vilã na telinha, agora na pela da rainha do eletroforró Chayene. Seu braço-direito é o ex-marido e secretário Laércio (Luiz Henrique Nogueira). Foi ele quem levou Chayene ao estrelato. A estrela resolveu se separar dele, justamente no momento em que começou a lucrar com a música. Outro personagem próximo à cantora é Tom Bastos (Bruno Mazzeo), empresário dela e de Fabian.

A carreira de Chayene começa a declinar após a acusação de maltratar as empregadas. Para se livrar disso, ela procura o cantor Fabian, conhecido como o príncipe das domésticas. Apesar de ela ser sua madrinha musical, ele tem medo de se associar à imagem de decadência da rainha do eletroforró.

 

Foto: divulgação/TV Globo

 

Mas Fabian não se livrará de Chayene, já que ele esconde um segredo de quase todo mundo, que apenas a cantora e a irmã do astro sabem. Para alavancar a carreira, Chayane obrigará Fabian a assumir um falso namoro.

Parecidos e tão diferentes?

Dois personagens de “Cheias de Charme” deixarão o público com muitas dúvidas: o sertanejo Fabian e seu sósia, Inácio. O primeiro é bem sucedido e possui um enorme fã-clube. O cantor tem a companhia de Simone (Marília Martins), sua irmã, responsável pelos assuntos familiares e profissionais dele.

 

Foto: divulgação/TV Globo

 

Já Inácio, apesar de ter olhos com cor diferente e usar roupas mais simples, é idêntico ao cantor. E isso o deixa bastante chateado, já que ele tem pavor de ser comparado a Fabian. A verdadeira história dos dois será aos poucos revelada ao longo do folhetim.

A Maria vilã

O perfil de Maria do Socorro (Titina Medeiros) é totalmente diferente das três Marias protagonistas. A personagem é fã de Chayene e, para ficar perto de sua cantora predileta, passou a perna em Rosário. Para isso, contou a Laércio que Rosário era amiga de Penha. Ao saber da informação, o secretário de Chayene dispensou a empregada e contratou Socorro, recém chegada do Piauí.

Ao contrário de Rosário, a piauiense é uma péssima empregada e foi demitida por Laércio rapidamente, levando Rosário a ser recontratada. Para se sustentar, Socorro foi obrigada a trabalhar na casa de Máslova. Mas não durou muito tempo, já que ela não aturava as mesquinharias da patroa. Passando uma aparência de “desmiolada”, Socorro, na verdade, é fingida, dissimulada e apronta pelas costas. Foi ela quem denunciou o ‘puxadinho’ de Penha para a Prefeitura.

 

Maria do Socorrro (Titina Medeiros) - Foto: divulgação/TV Globo

 

Irritado com as armações de sua irmã, Naldo (Fábio Lago) resolve voltar para o Piauí e a leva junto. Lá, ela planta a notícia de que Chayene faria um show na cidade. O boato se alastra e a população compra ingressos para o evento. Quando chegam ao local, se deparam com uma apresentação de uma suposta Chayene atrás de um pano, fazendo coreografias e cantando playback.

A mentira logo é desmascarada e o público descobre que, na verdade, era Socorro que estava se apresentando. A megera é tirada a força do palco e para se livrar das pessoas que a seguiram, ela se joga num rio e desaparece, para desespero dos familiares. Seria esse o fim de Maria do Socorro?

Mudança de vida

Uma simples reunião das três protagonistas de “Cheias de Charme” na casa de Chayene mudará a vida delas. As amigas resolvem ir até o closet da cantora e experimentam as roupas e os acessórios da vilã. Com bastante pluma e paetê no local, Rosário pega o violão de Chayene e começa a compor uma canção. É justamente essa melodia que irá trilhar o sucesso das três domésticas. Rosário resolve contar seu plano às amigas, que topam na hora.

Cida escolhe o figurino, enquanto Rosário se dedica à composição. O irmão de Penha, Elano, convida o produtor musical caseiro Kleiton (Flávio Nepo) para ajudar nos trabalhos. Em algumas horas no estúdio, tudo estava pronto. Com Rosário nos vocais e Cida e Penha no backing vocal, o trio grava um clipe. As três se revezam nos papeis de empregadas e patroas tendo como fundo a mansão de Chayene. A alegria das três quase vai por água abaixo, quando Laércio liga para a casa e diz para Rosário que Chayene está voltando naquele dia.

 

As Marias - Foto: divulgação/TV Globo

 

Mas nada que fosse atrapalhar o vídeo. Enquanto Cida, Penha e Rosário correm contra o tempo para deixar a casa em ordem, Kleiton vai para o estúdio para editar o clipe. Entusiasmadas com o resultado, Rosário pensa em publicá-lo, mas Elano alerta que isso pode ser perigoso, já que elas usaram as roupas e a casa de Chayene sem autorização. Elas, frustradas, desistem da ideia, porém nem imaginam que o clipe foi parar na internet e que o vídeo mudaria suas vidas em pouquíssimo tempo.

Detalhes técnicos

“Cheias de Charme” contará com cenas gravadas no estado do Piauí, terra natal da cantora Chayene. Para gravar na região, a Globo contou com uma equipe de 60 pessoas que ficaram durante duas semanas no local. Já a produção de arte do folhetim apostou em temas como o humor e a leveza para compor os trabalhos. Um dos destaques é uma estátua colorida de Chayene, que, na novela, enfeita a cidade natal da cantora. Com mais de dois metros, a peça é composta por um mosaico de 14.500 miniespelhos.

 

Foto: divulgação/TV Globo

 

“Cheias de Charme” ainda contará com dois espaços principais na cidade cenográfica: o condomínio Casagrande e a comunidade do Borralho. O primeiro foi inspirado em variados condomínios da Barra da Tijuca. Já a região do Borralho é baseada em comunidades cariocas como Rio das Pedras e Dona Marta.

Outro ponto marcante da novela será o figurino, que é baseado na personalidade das três protagonistas. Penha aparecerá usando saias, salto alto e acessórios. Já Rosário usará roupas mais parecidas com a das estrelas pop, com um toque de glamour e acessórios coloridos e charmosos. Enquanto isso, a romântica Cida não possui um estilo definido, pois não dispõe de dinheiro para comprar suas roupas.

 

Os autores Filipe Miguez e Izabel de Oliveira - Foto: divulgação/TV Globo

Os autores

A novela “Cheias de Charme” lançará a dupla de novelistas Filipe Miguez e Izabel de Oliveira como autores titulares. Formados em Comunicação Social, eles já se conhecem há 20 anos, mas começaram a trabalhar juntos com teledramaturgia apenas em 2007 na novela “Duas Caras”, de Aguinaldo Silva.

Filipe Miguez estreou na Globo em 1995 e já escreveu 11 novelas como colaborador, entre elas “Senhora do Destino”, “Pé na Jaca” e “Força de um Desejo”. Já Izabel ingressou na Globo cinco anos depois, quando colaborou na novela “Esplendor”. Ela também foi autora de “Malhação” por dois anos ao lado de Paula Amaral e esteve na equipe de escritores de “Insensato Coração” e “Duas Caras”.

Anote na agenda

“Cheias de Charme” estreia nesta segunda-feira (16), às 19h30, na TV Globo.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: