Globo Repórter – Viagem pelo Butão – Sessão TV.br
19 maio, 2011

Posted by | 0 Comments

Globo Repórter – Viagem pelo Butão

O programa desta sexta-feira, dia 20/05/11, vai mostrar o país que considera o bem-estar do seu povo mais importante que os interesses econômicos e que até criou o Ministério da Felicidade.

Globo Repórter

Nesta sexta-feira (20 de maio), o Globo Repórter vai mostrar o país da felicidade, um reino que considera o bem-estar do seu povo mais importante que os interesses econômicos e até criou o Ministério da Felicidade. Ao contrário dos ministérios presentes no romance 1984 de George Orwell (o livro do Big Brother), este ministério realmente preza pela felicidade de seus cidadãos.

Você vai conhecer o mosteiro dos monges meninos e as monjas que não podem mostrar o rosto. Descubra como vive o povo que se considera feliz. Veja os 108 templos de adoração a Buda e as preces jogadas ao vento para espalhar a paz.

Descubra o vale onde as nuvens flutuam em volta dos templos e o mistério do Ninho do Tigre, o mais alto monumento sagrado da fé budista.

Logo após o programa, a repórter Glória Maria vai participar de um bate-papo no site do Globo Repórter e vai responder às dúvidas dos internautas. Você já pode enviar a sua mensagem, clique aqui e mande a sua pergunta.

O Globo Repórter vai ao ar amanhã, sexta-feira, dia 20/05. Assista a chamada para o programa aqui:

O Butão

Butão é um pequeno e fechado reino nos Himalaias, encravado entre a China, a norte e oeste, e a Índia, a leste e sul. A sua capital é Thimphu.

Glória Maria no ButãoÉ uma nação muito montanhosa, de interior, situada na Ásia. Os picos do norte atingem mais de 7.000 m de altitude, e o ponto mais elevado é o Gangkhar Puensum, com 7.570 m, que nunca foi escalado. A parte sul do país tem menor altitude e contém vários vales férteis densamente florestados, que escoam para o rio Bramaputra, na Índia.

O Butão é uma monarquia constitucional. O chefe religioso do Reino, o Je Khenpo, goza de uma importância quase idêntica à do rei.
Depois de um histórico discurso do rei Jigme Singye Wangchuck, no dia nacional, em dezembro de 2006, abdicando a favor do seu filho e anunciando a realização de eleições democráticas, os butaneses foram às urnas em 24 de março de 2008, terminando assim mais de um século de monarquia absoluta.
O Butão e a Tailândia são os últimos reinos budistas do mundo.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: