“Sílvio Santos, o maior herói brasileiro” texto de Milton Neves – Sessão TV.br
13 nov, 2010

Posted by | 0 Comments

“Sílvio Santos, o maior herói brasileiro” texto de Milton Neves

A repercussão do caso do Grupo Sílvio Santos tem gerados os mais diversos tipos de comentários, do mais absurdo ao mais elogioso.

Foi o caso de do apresentador Milton Neves da rede Bandeirantes, que emprestou suas palavras ao “Sessão TV” e temos o imenso prazer de publicar aqui um texto feito por ele falando da sua visão sobre uma das maiores personalidades deste país, Silvio Santos.

Sílvio Santos, o maior herói brasileiro

Para “Veja” o Capitão Nascimento Wagner Moura é o primeiro herói brasileiro.

Uma bela escolha premiando o exemplo, a realidade e o talento, assim como seria José Alencar, pela raça, amor, transparência, correção, simpatia e luta pela vida.

Ou então Lula, um milagroso brasileiro que nasceu com a nuca virada para a lua.

Mas meu herói brasileiro é Silvio Santos. E Pelé não vale.

Em 80 anos esse homem tem muito ou um pouquinho a ver com todos nós, quase 200 milhões de brasileiros.

Só o vi uma vez na vida. Em 2003.

Cada um mais feio do que o outro. Estávamos de toca plástica pintando os cabelos no Jassa ou “fazendo luzes”, como bichisticamente diz o cabeleireiro Mauro Beting, dono do salão de beleza “Fifahair” de Itaquera.

Naquele dia ele me disse que o “Roleta Russa” que eu estrearia na Rede Record como apresentador de programa de Variedades seria um sucesso.

E foi mesmo. Um ano no ar, 57 exibições, três delas em primeiro lugar no Ibope da emissora com até 11 pontos de média.

Agradeci e disse a ele que eu era um pretensioso “Silvio Santos do futebol e dos pobres”.

Ele sorriu, gargalhou do alto então de seus 73 anos e aparentando, ao natural sem maquiagem, uns 85.

Hoje, depois do 11 de setembro de 2001 que foi o último 11 de novembro de 2010 de sua vida financeira, não deve estar sorrindo apesar de sua clássica, oportuna, transparente, lúcida e cativante entrevista que deu à Folha nesta sexta-feira.

O prejuízo “que ganhou” de seus maus companheiros de trabalho no mercado financeiro foi arrasador para este homem do sorriso mais famoso “deste país”, lulamente falando.

Mas, ele, de pronto, e sem o famigerado PROER ( Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Sistema Financeiro Nacional), colocou tudo que ganhou em 80 anos à disposição do tal “Fundo Garantidor de Crédito”, hoje seu sócio e talvez até patrão.

E o incrível. Pela primeira vez quando de um escândalo ou rombo financeiro tipo Nacional, Banco Santos, Boi Gordo, Econômico, Excel, Comind ou Bamerindus, a população ficou consternada, triste e não com ódio do banqueiro.

Um banqueiro ausente nesse território financeiro de homens frios e cruéis que não perdoam nem a marca e a história de um patrão tão especial.

Banco não é auditório de TV onde só alegria impera.

Piadas como a que “o Banco Panamericano quebrou porque o Ronaldo sentou em cima dele” estão correndo por toda a parte.

Foi assim também quando das mortes de Senna e de vovô Tancredo.

Mas, creiam, nós tivemos neste triste episódio financeiro que coloca Silvio Santos de joelhos, só uma mínima noção do que este homem representa.

Quando ele morrer – e talvez eu não esteja aqui para testemunhar – o Brasil parará como jamais parou.

Será uma inédita consternação popular.

Uma comoção nacional jamais vista e maior do que as que marcaram as despedidas de Kennedy, Senna, Tancredo e do Aiatolá Khomeini… juntas!

Mas este primeiro e maior herói nacional do Brasil é absolutamente imortal. Ainda bem.”

O “Sessão TV” agradece muito ao Milton Neves e parabeniza pelo excelente texto.

Para quem quiser acompanhar o apresentador e saber mais sobre seus trabalhos pode segui-lo no twitter @milton_neves e ler seu blog http://blog.miltonneves.ig.com.br

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tweets that mention “Sílvio Santos, o maior herói brasileiro” texto de Milton Neves | Sessão TV.br -- Topsy.com - [...] This post was mentioned on Twitter by Diego Silva, Diego Silva. Diego Silva said: “Sílvio Santos, o maior herói…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: